sábado, 29 de agosto de 2009

Como vai o seu ingles?

Se no Brasil voce eh professor de ingles ou bom aluno(a) no cursinho, se eh aquele cara babaca, digo, interessado, que renega sua nacionalidade verde e amarela e soh escuta musica em ingles, soh assiste filmes em ingles (e muitas vezes dispensa legenda), soh le revistas/livros em ingles, sonha em ingles, nao tem um CD de MPB e nem faz ideia do que canta Dona Ivone Lara...Otimo. Parabens. Voce eh um americano(a) e nem precisa fazer intercambio pra aprender outro idioma. Se mesmo assim quer vir pra respirar outros ares, saiba desde ja que nao tera grandes dificuldades quando pisar em solo americano.
Se voce faz tudo isso e nao fala ingles fluente/avancado significa que eh uma mula e deve contratar um veterinario.
Porem, se a sua vibe eh curtir um sambinha de raiz, se voce nao perde um lancamento dos filmes nacionais (e seu canal favorito eh o Canal Brasil) e ate estuda ingles de vez em quando, mas caga e anda; Se eh daqueles que consegue um 7,0 ou 7,5 no cursinho de ingles que comparece toda terca e quinta-feira religiosamente desde os tempos de primario...Ta ferrado.
Nao, meu querido. Sinto muito mas voce NAO fala ingles. Nao adianta achar que porque voce bateu um papo de DUAS HORAS num churrasco com aquele canadense amigo do seu primo voce domina o idioma. Sinto muito mas nao eh bem assim. Quando estrangeiros estao no Brasil eles se esforcam para compreenderem e serem compreendidos. Logo, dificilmente corrigem nossos erros em conversas informais acompanhadas de cerveja boa (mas isso eh tema para outro post).
Entao resumindo: nao rola galera. Definitivamente voce nao fala ingles. Vai ter dificuldade de comunicacao SIM.
Dica da titia: Estude antes de embarcar. Quanto tempo antes, melhor.
Faca o que os babacas, digo, brasileiros fanaticos pela cultura americana fazem: torne-se um americano que vive no Brasil. Assista filmes em ingles (o Telecine agora eh seu melhor amigo), ouca musicas em ingles (jogue no lixo ou empreste para alguem de confianca todos os CDs da Roberta Sa. Se suas musicas estiverem no computador passe as nacionais para um pen drive e entregue nas maos de alguem de confianca.) Esqueca que a Maria Rita eh a sua MUSA. Esqueca. Ate mesmo nos domingos de sol voce tera que escutar musicas em ingles. Sua nova musa agora eh a Amy Winehouse, a Macy Gray, a Beyonce, ou sei lah que outra cantora que tenha repertorio em INGLES voce vai eleger. Mas eleja uma. Decore verbos e vocabulario. Peca pro pessoal do escritorio te presentear com aqueles dicionarios ilustrados que sao engracados e nao retardados. Pense em ingles. Leia tudo em ingles. Tente traduzir o que acontece ao seu redor para o ingles. Ore. Peca a Deus para te conduzir e conceder sabedoria. Faca amigos americanos pela internet. Namore americanos pela internet. Faca qualquer coisa. Mas aprenda ingles.
Com grande conhecimento do idioma americano voce se sentira mais confortavel na hora de se comunicar (obvio), pois fazer sacrificio para falar e entender eh muito mais destrutivo para nosso lado emocional do que imaginamos. Isso atenuara sua homesick porque voce tera mais facilidade para fazer amigos, ira tornar mais interessante sua relacao com as pessoas que voce mora(porque quando elas verificam seu conhecimento do idioma delas consequentemente tem mais paciencia e interesse em conversarem com a sua pessoa) e logico...Evita que voce passe perrengues em momentos basicos como por exemplo pedir sua comida, atender um telefonema, etc.
Fica ai a dica.
Não estou dando, nem vendendo, como o ditado diz.
O meu conselho é pra te ver feliz.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Homesick

Estou com meu pequeno príncipe brincando no parquinho da área externa. Ele resolve ir em casa. Saio correndo atras. Subo as escadas do jardim. Caio de joelhos na quina do degrau de pedra são tome.


Foi o tempo de caminhar mais cinco passos ate a porta da casa e encher um saco de gelo, pra minha perna estar quase preta de tão roxa.

Meu menino requerendo brincadeiras e eu sentada no chão da sala, chorando. Muito. Choro de dor, de susto, de não ter minha mãe por perto. Choro de tombo. Choro de solidão.

Quer me consolar, desabafar, dizer oi, perguntar? Escreve pra brunnahf@gmail.com

Aproveita a amizade e me segue no twitter @babufrancinha

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Lucros insanos

Podem falar mal dos EUA, blablabla, mimimi. Em muita coisa ate concordo.


Mas olha... Aqui ,pelo menos, ninguém tenta tirar vantagem em preço de necessidades básicas do ser humano, tipo comida e material escolar.

Fica ai observação.

Quer me xingar, dizer que ama, que sou linda, que sou baranga, fazer perguntas ou qualquer coisa, escreva para brunnahf@gmail.com

Aproveita a amizade e me segue no twitter @babufrancinha

Beijos no bumbum.

domingo, 23 de agosto de 2009

Consulado brasileiro nos Estados Unidos

Deu mole e esqueceu de anotar o endereço e telefone do consulado brasileiro mais próximo de você?

Entre nesse site http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/consulados/
Lá você vai encontrar os endereços, telefones, sites, emails e jurisdições dos consulados brasileiros nos Estados Unidos.

Eh interessante dar uma olhada no site do consulado que atende a sua área e verificar os serviços prestados, avisos, etc. E, logico, anotar o endereço/telefone na agenda, por favoooor.
Fica ai a dica.
Aquele abraço.
Querendo depositar um qualquer na minha conta, mandar um beijo, perguntar alguma coisa, me levar pra jantar, escreva para brunnahf@gmail.com
Twitter @babufrancinha Segue a titia.

Sabado de Sol

Sábado passado. Sol. Decidi passear com as únicas outras au pairs brasileiras da Au Pair Care aqui na área. Foi lindo.
Fomos ao Zoo e depois almoçamos no Applebee`s.
Quando se esta longe de casa a melhor maneira de não permitir que a solidão mate você é matando essa cobra primeiro.

Cafona, mas verdade.
Sigam-me no twitter e alegrem mais ainda meu dia @babufs

Smart Girls

Duas menininhas de quatro anos e um menininho de dois anos brincando no jardim.

As meninas olham o carrinho automático de brinquedo e resolvem pilota-lo. Sobem no pequeno Jeep branco da Barbie, que comporta somente dois passageiros. O menino sobra.

O garotinho observa a cena e exclama:
"Também quero ir!" Mas não. Ele não pode. Não há lugar.

As meninas o ignoram solenemente, ligam o automóvel infantil e saem dirigindo pelo gramado. Felizes.

O garoto ,então, decide:
"Vou empurrando!"
 E vai.

A inocência dele e a crueldade delas: cena que cortou meu imbecil coração por alguns instantes. Mas não sou tão idiota assim. Rapidamente raciocinei. Na minha cabeça brilhou o pensamento orgulhoso:
Bem feito! Isso mesmo, menininhas! Vocês são o orgulho da au pair.

As mulheres adultas costumam expulsar as amigas do carro por causa dos homens, já as pequenas são bem mais sabias.
Sigam-me no twitter @babufs

Filosofia de Bar

INTERCAMBIO é  tão eufemismo para VAGABUNDAGEM internacional ,quanto JEITINHO MOLECA é  eufemismo para PUTA.


Se você pretende passar uma temporada de pernas pro ar, fica ai a dica.

Querendo trocar uma ideia, estamos ae brunnahf@gmail.com
Se nem quiser ideia, dane-se, me acompanha no twitter de qualquer forma, só pra me fazer feliz @babufs

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Como mandar dinheiro dos Estados Unidos para o Brasil

 Tranquilo, meu povo...
Aqui nos EUA tem alguns bancos que também existem no Brasil (Banco do Brasil, CityBank, HSBC). Não sei se existem outros, mas esses tenho certeza, porque já vi. Andei pesquisando e ouvi dizerem (não tenho muita certeza, voce que corra atras pra verificar) que não basta apenas a pessoa que receberá  a quantia ter conta no banco, quem manda - no caso "eu" - também deve ter conta no mesmo banco, e para abrir a conta no tal banco aqui, precisamos de documentos com foto (passaporte e cartão de college) e um comprovante do endereço no nosso nome e mais sei lá o que. A taxa mensal fica por uma media de $5. Opção desagradável  para mim.

Outras formas de envio: Alguns bancos que fazem o serviço, cobram uma taxa de mais ou menos $50 para realizar a transação. Então, senhor banqueiro, com todo o respeito...vai assaltar a senhora sua mamãe.

Finalmente encontrei uma opção simpática tchutchuca total: Trata-se da rede de transações Western Union, que atua nos EUA em diversos lugares e no Brasil através das agências do Banco do Brasil. Se eu, que moro no bumbum dos EUA, encontro uma loja deles a cada esquina, imagina você, que vai morar em San Francisco. As operações são feitas através de um formulário que preenchemos direto no caixa da Western Union e para que o seu PARENTE retire o dinheiro no Brasil ,deverá apresentar um documento com foto no Banco do Brasil (RG, CNH). Mande a pessoa tirar copia do documento e de um comprovante de residencia. Os dados necessários no formulário são: Primeiro e último nome de quem receberá o dinheiro além de cidade e estado que a pessoa reside, primeiro nome e último nome de quem esta mandando o dinheiro, além de endereço completo, incluindo CEP, telefone e e-mail. Tente colocar o nome completo de ambos porque se seu tio/irmão/mãe/primo ou sei lá que parente seu vai receber esse $$$ tiver um homônimo o Banco do Brasil vai causar um verdadeiro xixi burocrático para a pessoa retirar o valor. Logo, para que seus parentes não precisem ficar se humilhando para os funcionários do Banco do Brasil, tente colocar os nomes completos. Depois disso esta pronto. Basta você informar o valor que deseja enviar e escolher se quer que o valor esteja disponível em minutos ou no próximo dia. Eu escolhi a opção em minutos e a taxa para o envio ficou por $20 independente do valor que pretendemos mandar. Achei essa forma de envio muito bonita. Quem desejar conferir onde há uma agencia dessas perto de onde voce mora ou onde há uma agencia no Brasil, pode acessar o site http://www.westernunion.com.br/ ou ligar para 0800-707-9330

Fica ai mais uma dica da tia Bruna.
Me segue no twitter ae @babufs

Aquele abraço.

Saindo um pouco do assunto au pair...

...E entrando em um assunto que todo mundo gosta: homem e mulher.


Oquei. Você pode ficar comigo na noitada e podemos dar uma bagunçada. Beleza. Se depois disso você me telefona no dia seguinte, eu vou concluir, NO MÁXIMO, que você é...sei lá...uma pessoa simpática. Jamais vou achar (por conta própria) que pretende ir lá em casa encarar o zeca-pagodinho-style do meu pai. Thank you.

Mas se você me conhece num local tipo aniversário de amigos, me leva pra jantar, me apresenta sua família, sua galera, seu cachorro, fala que me ama e blablablabla, por que, diabos, você resolve ir embora? Por que?

Se você é homem e mora no Rio de Janeiro, saiba que dizer que ama alguém só para conseguir um beijo na boca e/ou uma copula para inflar seu ego, saiu de moda desde 1970. Fica ai a dica.

Aproveita e me segue no twitter @babufs

Quem quiser me aborrecer a vida, escreve pra brunnahf@gmail.com

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Globo e canais brasileiros

Oquei. Você pode pagar uma de intelectual e dizer que não gosta de TV. Que jamais assistiu a Globo e que de vez em quando vê algum documentario no Discovery Channel, ou o noticiário.

Ou pode bancar o(a) descolado(a) e dizer que só assiste series americanas para estudar inglês.

Argumente o que argumentar, EU SEI que você assiste Caminho das Índias. Não tem essa. Todo mundo assiste. Você pode ser homem, idoso(a), cultzinho(a), empresário(a), o caramba a quatro, mas EU SEI que você assiste a novela das 21h. Se você for brasileiro você assiste. Não aceito argumentos.

Então se você pretende ser au pair e esta triste (esta sim que eu sei) porque não vai assistir os últimos capítulos de Caminho das índias, seus problemas acabaram: Acesse o site TamoLigado -
http://www.tamoligado.net/ - "a sua tv na internet" e seja feliz para sempre verificando o fim da Ivone, Maya, e cia.
Aquele abraço e me siga no twitter @babufs

Domingao sem Faustao

Gente, gente, gente,gente,gente,gente,gente,
Eu moro em O'Fallon do Missouri, passei o domingo com uma au pair que mora em O'Fallon de Illinois. A pessoa eh uma bencao sem narrativas, a coisa mais linda da America. No Brasil moramos na mesma cidade e nao nos conheciamos...
Passeamos pelo centro de Saint Louis, fomos no famoso Gateway Arch - também conhecido como Gate to the West (Portal para o Oeste) - projetado pelo arquiteto finlandês Eero Saarinen em 1947, é considerado o mais alto monumento dos Estados Unidos. A construção começou no dia 12 de fevereiro de 1963 foi concluída em Outubro de 1965 - segundo a Wikipedia informa (ou voces acharam que eu decorei isso?).
Andamos de metro (emocao total), um sujeito com cara de oi-sou-O-sinistrao-do-gueto me chamou do nada pedindo meu telefone. Fiquei com medinho.
Almocamos e batemos zilhoes de fotos no St. Louis Union Station. Depois ainda fomos a um shopping lindo e considerado o melhor de Saint Louis, o Galleria. O interessante eh que no RJ os Shoppings costumam fechar as 21h. Aqui fecham as 18h.
Passei um dos dias mais felizes da minha vida porque alem da Kath ser uma maravilhosa, eu estava insana pra trocar uma ideia no meu proprio idioma.
Leve homesick...
Aquele abraco
Segue a tia no twitter @babufs

Finanças

Galera, nos recebemos em dólar, certo? Certo.

Isso significa que se você ficar comparando o preço de tudo o que vê por aqui com o real, não vai querer pagar nem a entrada no cinema. Aqui ganhamos em outra moeda - a realidade é mais em cima... Devemos aproveitar nossos momentos livres para diversão mesmo, ou então morreremos de tedio só cuidando de crianças.

Quem chamou a atenção pra isso foi outra amiga au pair que leu o post sobre "o pior dia da minha vida", onde  reclamei que paguei caro por um sanduíche. Resolvi refletir sobre isso e agora to postando a dica prus amigu.

Ainda acho que vale a pena comparar o dólar com o real, quando você esta pretendendo guardar dinheiro para algo pequeno quando regressar ao Brasil. Exemplo: pagar um curso de fotografia, oferecer uma festa aos amigos, fazer aqueeeela lipo, viajar pro Nordeste, ou qualquer outra coisa que pretenda  e que o pagamento deva ser em reais). Assim,  pode ter noção do quanto deve gastar do seu salario e ao mesmo tempo poupar algo - sem então prejudicar seus planos ao voltar pra casa.

Criticas, sugestões, esculhambações, duvidas, troca de ideias, $$$ na minha conta, ou o que mais você quiser, escreva para

brunnahf@gmail.com

abracos e beijinhos e carinhos sem ter fim,
que eh pra acabar com esse negocio de voce viver sem mim.

me segue no twiter ae, pra garrarmos uma coleguice brother firmeza @babufs

sábado, 8 de agosto de 2009

Amizades

O que me irrita no ser humano é a opinião de que deve seguir certo padrão de comportamento para ser amigo.

Beleza,  claro que se você só frequenta locais onde o som eh rock, sera difícil virar amigo do cara que é O do raggae. Porem, essa limitação ocorre apenas se você considera seu amigo somente quem te acompanha na night.

Na verdade, você pode, sim, ser O roqueiro, conhecer alguma cópia do Bob Marley, sei lá, na livraria ou no mercado e vocês podem zoar o gosto musical um do outro e assistirem futebol juntos aos domingos. Basta que entre vocês exista empatia, algo muito maior do que estilo.

Quando você sai do Brasil é quando verifica quem era seu amigo de verdade ou quem somente andava com você. Quem só fazia contigo as coisas que gostava, ou quem estava com você porque te amava de verdade. Fica ai a dica.

Avisei que o texto tava ruim.
Mesmo assim, mostre que me ama de qualquer forma e me siga no twitter @babufs

Vinte (20) coisas que voce deve fazer para entrar em REMATCH logo no primeiro mes ou ainda ser preso(a) nos Estados Unidos

1- Já entre na casa criticando - comente que acha paredes cor de rosa algo extremamente demode para o quarto de alguém que já passou dos 12 anos de idade, mencione que cortinas com motivos de bichinhos são algo patético... use sua criatividade para avacalhar.

2-Circule de toalha e roupas intimas pela casa. Afinal de contas, você é  membro da família.

3-Aceite todas as bebidas alcoólicas que te oferecerem. Afirme que não vê problema nenhum em dirigir depois de tomar umas cervejinhas e que não entende tanta rigorosidade nessas leis americanas.

4-Sinta-se a vontade para ir ao quarto dos outros moradores da casa. Entre sem bater e sinta-se a relaxado(a) para assistir televisão e  fazer um lanchinho deitado(a) em cima da cama alheia.

5-Dirija sempre ultrapassando os limites de velocidade, e diga que acha o cumulo ter que dirigir em velocidade inferior a 100 km/h numa rodovia.

6-Se na casa habitarem animais, mencione que os detesta.

7- Se tiver curfew (limite de horário estabelecido pela família para que você volte pra casa) não cumpra.

8-Grite. Com as crianças, com os pais, com quem tiver vontade.

9-Não há necessidade de arrumar seu quarto. Afinal de contas, ele é seu.

10-Use o telefone da casa para falar diariamente com todos os seus parentes e amigos no Brasil. Quando a conta chegar, afirme a host family que não reconhece nenhum dos telefonemas, portanto, não vai pagar.

11-Use objetos pessoais da host family sem pedir permissão. Sua host mom tem um closet abarrotado e nem vai perceber que você foi ao cinema calçando aquele Manolo Blahnik marrom que estava esquecido em algum canto e você achou liiiindo.

12-Mude a decoração da casa conforme seu gosto. Troque moveis de lugar, retire do porão coisas que achou interessantes e coloque la outras que estão pela casa, mas que você considerou cafonas.

13-Se a host family for um casal, faça perguntas de foro intimo. Por exemplo: peça para ver fotos da lua de mel e jogue piadinhas maliciosas, dizendo o quanto eles parecem alegrinhos nas fotografias.

14-Implique. Faça intrigas sobre os outros empregados da casa, prestadores de serviço, com os parentes e amigos da host family.

15-Saia todas as noites sem avisar e volte sempre bêbado(a) e ou drogado(a).

16-Jamais leve documentos quando sair de casa.

17-Largue as crianças sozinhas dentro do carro.

18-Receba visitas sempre que quiser e jamais avise aos donos da casa.

19-Ouça musica na altura em que bem entender.

20-Durma fora sem avisar.

Agora tente se redimir de tudo seguindo eu no twitter @babufs

domingo, 2 de agosto de 2009

DOMINGO DE SOL

Estou eu, linda, loura, japonesa, de maquiagem Lancome, pilotando minha bike por Saint Louis e observando a linda vizinhança arborizada. Cruzo com outros ciclistas infantis. Penso como seria interessante estar escutando bossa nova nesse momento.

Observo os lagos com patinhos. Esquilos e coelhos atravessam as ruas (não to zoando), verifico que não estou aflita, com medo de roubarem minha bicicleta, porque oi? aqui no bairro não tem crime.

Começo a lembrar da minha vida no Brasil, de tudo que passei pra chegar ate aqui, e penso: DEUS! Eu consegui. Estou aqui. América. Encarei falta de grana, as pessoas (inclusive as mais próximas) desconfiando se eu viria mesmo, porque nunca fechava com família nenhuma, crise financeira, gripe suína...

E hoje - dia 02 de agosto de 2009 - minha vida esta finalmente explicada ao longo de uma pedalada. Agora entendo porque Deus não permitiu que eu me casasse no Brasil com o homem que amava, não permitiu que eu tomasse gostinho pela carreira que escolhi e não permitiu que eu tivesse garra pra estudar pra um concurso público, a opção que todo o universo familiar/roda de amigos tenta inserir na sua cabeça como A melhor coisa da vida.

Nada disso aconteceu PORQUE EU TINHA QUE ESTAR AQUI. Não sei como vai ser minha vida depois que voltar pra casa, mas as pessoas se preocupam muito com o amanha. Sei que eu não deveria estar fazendo nada mais nessa vida a não ser gastar meu domingo pedalando pelas ruas de Saint Louis...feliz da vida.

Trilha sonora sugerida para a leitura desse post: clique aqui.

Galera tesuda, me segue no twitter aeeee @babufs

sábado, 1 de agosto de 2009

De: Bruna França [mailto:bruna@blablabla.com]
Enviada em: quinta-feira, 16 de julho de 2009 17:16
Para: paidabruna@blablabla.com.br
Assunto: RE: noticias

Amado e bonito papai, Vc nao sabe da maior. O encontro das meninas (A diretora de area da Au Pair Care - uma pessoa que fica responsavel pelas au pairs de cada area, organiza encontros mensais para que as au pairs se conhecam) foi uma coisa podre. A maioria das meninas era alema. elas sao muito bonitas e simpaticas, mas soh falam alemao entre si, entao passei grande parte da noite boiando.
As unicas 3 meninas brasileiras que estao no meu Estado nao puderam ir ao encontro. O lugar era feio, meio velho, parecia um bar antigo meio abandonado.
Agora voce veja como eh uma m&#%a nao dominar o idioma local: pedi pro jantar um sanduiche, achando que fosse comer uma carninha gostosa com um queijinho em cima. Pois bem, veio uma carne moida horrorosa cheia de pimenta e com muita gordura. Passei mal horrores quando cheguei em casa. Pelo menos provei uma cerveja local que era excelente e foi a unica coisa que salvou a noite. Mesmo assim fiquei muito p#%a de pagar 8 dolares, o equivalente a 16 reais (!!!!!!!) pra comer um sanduiche de carne moida engordurado. Depois do jantar teria uma comedia no restaurante, tipo um grupo de teatro. Pensei que fosse algo tipo um stand up comedy. Achavamos que seria as 21h, mas nesse horario entrou o pior cantor que eu ja ouvi na minha vida, que cantou durante quase uma hora. Depois dele o grupo de teatro comecou a se apresentar, e eles eram a coisa mais sem graca do universo. Desespero bateu pra voltar pra casa. Pra fechar a noite com chave de ouro: Voltamos eu e minha amiga alema, a Anna, mortas de cansadas porque o local era muito longe de nossas casas. A Anna teve que dirigir por mais de 1 hora e meia ate chegar aqui (na casa da minha host family), e quando ela estava dando a re para pegar o caminho da casa dela... bateu o carro na caixa de correio da "minha" casa. olha a caquinha... A caixa de correio caiu no chao e quebrou, eh daquelas caixas de tijolo. Vai sair uns 600 dolares o conserto... Fiquei morrendo de pena dela, que alem de ter que pagar a caixa de correio ainda vai ter que pagar os arranhoes do carro da familia... (na verdade a regra do Programa de au pair eh que em qualquer acidente de automovel a au pair paga apenas 250 dolares, nao importa o nivel do acidente. A au pair somente paga o valor total do reparo do acidente SE ela for otaria, digo SE quiser).
E a medaaaa pra contar pra familia aqui! Eles estavam dormindo, entao escrevi um bilhete contando tudo e deixei em cima do fogao. Acordei mais cedo e esperei acordarem. Contei tudo, eles riram pra caramba e disseram pra eu ficar tranquila porque nao tenho culpa de nada, e que ligariam pra familia da Anna porque provavelmente lah eles devem ter seguro contra terceiros e que vai cobrir o reparo da caixa de correio.
Hoje minha host me levou pra abrir uma conta bancaria, despachou as criancas durante a manha e me mandou descansar. Eles conversaram comigo e disseram que isso nao eh motivo para surto, que eh soh uma caixa de correio e que jamais devo perder meu sono por isso. fiquei aliviada pela postura deles, mas que a situacao eh chata eh.
aquele abraco
segue eu no twitter @babufs
De:bruna@blablabla.com
Enviada:
segunda-feira, 29 de junho de 2009 22:30:12
Para:
adriana@blablabla.com

Diferenca cultural: amiga, de qualquer forma eu nasci ai nesse Brasil. Vou morrer ai ne. Isso aqui eh soh 1 ano, mais tardar 2 anos e eu volto pra casa desempregada mas pelo menos com algum $ no bolso ate dar um rumo na minha vida (nao eh toda au pair que consegue juntar dinheiro, pois aqui eh o pais do consumo e por mais que voce nao seja consumista os olhos brilham).
Dirigi "meu" carro hoje (galera, o carro nunca eh nosso!!! nunca se esquecam disso! o carro eh da host family e eles permitem que voce use), mas foi soh um treino. Dirigir aqui eh facil, soh que carro automatico eh muito diferente e as regras de direcao tambem (cada Estado americano tem sua propria lei de transito; a Permissao Internacional para Dirigir - PID - que tiramos no Brasil antes de virmos pra ca ajuda muito mas acho melhor tirarmos a carteira de habilitacao do Estado onde estamos, pois assim nao precisamos andar pra todos os lugares com passaporte - documento que eh um supertranstorno se perdermos - e ainda aprendemos melhor as regras de direcao do Estado, nao correndo o risco de fazermos nenhuma besteirinha com o carro da host family) . Por exemplo vc nao pode dar uma rezinha na hora de estacionar. O carro tem que ir de uma vez soh pra vaga. Nao eh dificil, eu consegui, mas eh preciso algumas horas de treino.
To passando perrengue no ingles, a host family tem sido bacana e compreensiva. Minha vida virou um filme sem legenda. Ta complicado, mas eu vou conseguir. Hoje falei com minha host pra vermos logo o curso de ingles que devo fazer, porque sei o quanto eh chato para as pessoas terem que falar devagar por minha causa e repetir tudo varias vezes. Ela disse que tudo bem, pra eu nao me preocupar que veriamos o curso entao devo comecar no proximo semestre (as ferias de verao nos EUA sao no meio do ano, entao as aulas soh regressam mais ou menos no final de agosto).
Hoje foi meu 1o dia de trabalho e foi tranquilo, acordei e troquei as criancas, levamos a menina na escola, que nao verdade nao eh a escola mesmo, mas tipo uma colonia de ferias. Daih fomos fazer compras no shopping e no mercado, ganhei um nike preto de presente e fiquei me achando gateeeenha. Entao voltamos pra casa e ela me mandou brincar com o nenem no parquinho enquanto ela fazia o almoco. Depois de almocarmos ela colocou ele pra dormir. Enquanto ele dormia eu dormi um pouco no meu quarto e depois fiquei lendo, entao ele acordou e depois que comeu uma besterinha ela falou pra eu levar ele no parquinho outra vez e daih ela apareceu no parquinho e disse: "ok, Bruna! pode subir e fazer o que voce quiser porque seu horario de trabalho acabou!". Entao fui tomar banho, ela me convidou pra jantar e ir a livraria com eles. Voltamos pra casa e fui treinar direcao no "meu" carro, ate que voltei e estou aqui. Vou ler e boa noite. aquele abraco.
From: bruna@blablabla.com
To: adriana@blablabla.com
Subject: RE RE: chegueeeiiii!!!!
Date: Sun, 28 Jun 2009 22:51:56 -0300
Nem que eu tivesse trabalhando como presidente da Mercedes-Benz estaria tao satisfeita como estou aqui, pelo menos por enquanto.
Os pais sao superpresentes e carinhosos com as criancas, eu tenho q ajuda-los de manha c as tarefas tipo tirar a criancada da cama, botar pra fazer xixi, trocar as roupinhas, servir o cafe e levar na escola. Os pais botam pra dormir.
Tenho os finais de semana livres. O horario de trabalho das au pairs eh 45 horas semanais, nunca a mais e as vezes (dependendo da boa vontade dos hosts) menos. Mas nunca devemos contar que eles sejam liberais e bons de jogo e nem sempre o final de semana das au pairs eh livre, tudo depende da ordem da casa. Nosso papel eh respeitar!
Olha mas eu tenho que contar como foi meu dia hoje: De manha os hosts bateram na porta do meu quarto me convidando para ir ao Jardim Zologico com as criancas. Foi lindo, amei.
Durante a tarde a host me chamou pra ir na casa da vizinha conhece-la e quando estou passando pela garagem e olho para a lateral do meu carro verifico que ele nao eh somente um (tipo) automatico, mas eh uma (marca). uma (marca) !!!!!!!! P*##A!!!!!!!! Entao depois d`eu quase pular no colo dessa mule e perguntar se ela nao quer casar comigo, fomos na casa da vizinha. me deparei com uma das cenas mais lindas da minha vida: um casal de sessentoes bronzeado, sentadinho na varanda ouvindo a musica country mais deliciosa que ja escutei na minha vida, tomando 2 tacinhas de vinho liiindas, com um poodle preto que corria feliz pra cima e pra baixo. Eles foram muuuito simpaticos comigo, o senhorzinho contou que serviu o exercito americano e que ja foi ao Brasil varias vezes, que meu pais eh maravilhoso… e tudo mais que eles falavam ou perguntavam era ameno, simpatico e gostoso de participar. Comentaram sobre a morte do Michael Jackson (claro), sobre politica (Obama), sobre carros e blablabla. Na prateleira onde ficava o som havia uma escultura escrito: "life is good" e numa outra escultura havia escrito algo como "voce tem um melhor amigo que sabe quem voce eh e ama voce mesmo assim", e do lado tinha uma Cruz de Cristo. Lindo!!!Uma paz inundou meu coracao que eu fiquei ali parada querendo guardar aquela cena na minha cabeca ate o dia em que eu morrer. Realmente life is good!!!!!! Quando voltei pra casa 2 criancas lindas vieram me abracar fooorte dizendo meu nome e sorrindo.Tem como pelo menos por enquanto nao estar feliz? nao tem neh!!!!!
enfim, aquele abraco
twitter @babufs

ASSUNTO: Resposta das perguntas que a minha melhor amiga me fez. Email adaptado para a compreensao do querido leitor.

O curso em NYC foi legal, tipo uma babaquicezinha necessária... Aprendi 1os socorros, brincadeiras infantis, como me comportar na casa da host family nas 1as semanas etc.
Ainda não tenho uma câmera digital, as fotos q bati em NYC foram em câmeras descartáveis que comprei lá, então quando mandar revelar boto pra jogo.

Olha, to com tanta saudade mas tanta que em NYC sempre que lembrava de você começava a chorar. Bem, na verdade, to chorando agora também (enquanto escrevia o email).

No início tudo esta sendo novidade, então, sinceramente, não estou nem um pouco deslumbrada. A família esta tentando ser gentil, dizem o tempo todo que moro aqui então posso fazer o que quero, comer o que quero, etc. Hoje a mãe vai me levar ao mercado pra comprar as coisas que gosto. Ela é beeem americana mesmo... Parece que ta forcando uma barra pra ser legal, mas percebi que esse é o jeito de americano, ela realmente é legal, só não tipo nos, q ficaríamos de ohhhhhhwwwnnnn buzuzu neném etc. Ontem ela trouxe um óculos lindo de presente. Achei uma fofice. O pai me contou que eles me escolheram porque me acharam mais madura, que as outras au pairs que entrevistaram pareciam fanfarronas e que pareci mais responsável. Fiquei me achando super gatinha.

Anota ai meu adress, caso eles sejam psicopatas e me matem vc sabe onde ta meu corpitcho

0000 BLABLABLA LANE (STREET ADRESS)
BLABLA (CITY) MISSOURI - MO (STATE)
00000 (ZIP CODE)

PHONE NUMBER : 000 (AREA CODE) 000-0000

amo-te

Leitores, me sigam no twitter @babufs
amo vcs tbm

Anuncio de chegada

From: bruna@blablabla.com
To: adriana@blablabla.com
Subject: RE: chegueeeiiii!!!!
Date: Fry, 26 Jun 2009 13:25:04 -0300

ASSUNTO: Chegada na host house (casa da família que me recebe nos EUA) - texto enviado no por email para a minha melhor amiga no Brasil, que agora compartilho com meus prezados leitores (fiz as devidas adaptações, para que o texto se torne compreensível a todos).


Querida amiga,

Oiiiiiiiiii!!!!! Finalmente estou na minha casa nova!!!!!!
NYC (local onde fiz o curso preparatório da Au Pair Care) é uma cidade liiinda!!!!!! A família é legal, eles são bem diferentes do que eu pensava.... novos e bem descontraídos, tem amigos que os visitam sempre. Cheguei ontem (dia 25 de junho), hoje já fomos ao mercado e dei uma volta de carro pela cidade. O povo esta tentando ser simpático e agradável, espero que continuem assim...

A casa é linda, meu quarto é fofo e tem tudo o que preciso. A cidade é beeem tranquila, parece um condomínio gigante de casas da Barra (bairro carioca, onde há enormes condomínios de casas)....

Meu trabalho começa somente na segunda-feira, quando a host vai me passar a lista sobre o dia a dia das crianças e vou perguntar as coisas que acho importantes (trouxe uma listinha). Durante uma semana, eles vão ficar em casa me mostrando a vizinhança e a rotina infantil, o que não é sempre padrão entre as famílias, pois cada casa tem sua rotina. Como a au pair sera recebida na sua primeira semana, depende da organização da host family.

Por hoje é só.

Aquele abraço.

Leitores, meu twitter aeeeee @babufs

APRESENTACAO DO BLOG

Quando decidi ser au pair, minha vida virou uma eterna busca no google sobre os diários de au pairs que já estavam vivendo essa experiencia.


Elas, com seus relatos e dicas, emoções, gritos, gírias, reclamações e descrições de festas, foram as maiores incentivadoras da minha viagem. Agradeço a todas as desconhecidas e conhecidas, que com seus blogs tornaram minha vida mais feliz e esclareceram minhas inúmeras duvidas como au pair iniciante.

Vivo em Saint Louis, no Estado do Missouri, nos Estados Unidos. Cheguei por aqui faz um mês e espero passar esse ano (talvez dois) na paz e poder ajudar as meninas que pretendem vir ou que estão recém chegadas, ou apenas divertir meu querido leitor.

Duvidas, reclamações, sugestões, escreva para brunnahf@gmail.com

Aquele abraço e me segue no twitter ae @babufs