domingo, 15 de novembro de 2009

Republica Dominicana: Viajando com a Host Family

Estou euzinha sentada em um dos bares do resort. Pes descalcos em cima de outra cadeira, Kir Royal na mesa, revista espanhola na mao. No auge do meu momento-de-princesa avisto caminhando em minha direcao uma daquelas criaturas que mais causam panico no meu fragil coracao: um semi-conhecido.
-Oi, Bruna! Tudo bem? (sorrisao no rosto)
-Ooooi! Tudo bem! E voce? (pensamento: Deus, nao sei quem eh essa pessoa.)
-Tudo otimo! Conhece minha noiva Fulana?
-Oi, Fulana! Muito prazer!
-Passeando, Bruna? Ta de ferias?
P#%a que pariiiu! Ja vi que essa conversa vai ser mais chata do que almoco de familia aos domingos na casa da familia de namorado novo. Tenho que improvisar uma saida rapida.
-Nao, estou trabalhando. (voz de naturalidade)
-TRABALHANDO???? (nunca vi cara de espanto maior)
-Pois eh. O resort eh meu. Vim soh ver como estao as coisas e volto pra casa na semana que vem.
-EH SEU???? Que interessante. (olho arregalado)
-Pois eh. Tao gostando do servico? Querem beber alguma coisa?
-Poxa, parabens! O servico eh muito bom! Estamos indo na sauna... Podemos beber lah?
-Claro!
Chamo a garconete que estava me servindo.
-Carmen, traga mais duas tacas de Kir Royal para meus amigos aqui!
-Poxa, Bruna! Obrigada!
-De nada! Divirtam-se! Ate mais.

Gracas a Deus eles nao me pediram nenhum desconto pela estadia e foram embora rapido antes de me verem caindo na gargalhada.
Sigam eu no twitter @babufs