domingo, 15 de novembro de 2009

Republica Dominicana: Viajando com a Host Family - impressoes gerais

Ficamos em Punta Cana.
Assim que voce desce do aviao ja toma aquele susto com a temperatura. Muito calor.
Antes mesmo de passar pela imigracao voce ja bate foto com gente vestida de roupas tipicas. Assim que voce passa pela imigracao (que eh a mais tranquila do mundo) da de cara com pessoas tocando instrumentos, cantando e se oferecendo para carregar suas malas.
Entao voce entra num onibus que te leva para os resorts. Na estrada ate o resort verifiquei que o local eh bem pobre e que a economia dali eh basicamente o turismo, inclusive sexual. Alguns prostibulos ao longo do caminho com mocas gordinhas sensuais na porta.
Quando voce entra no resort tudo se tranforma. A pobreza fica do lado de fora e o luxo eh predominante. Ficamos em uma praia onde eh um resort ao lado do outro. Nas caminhadas que fiz pela areia entrei em varios resorts para ver como eram. Vale a pena.
Ficamos no Iberostar, mas na praia e nos outros resorts observei que a maioria dos hospedes era formada por casais (de diversas idades e generos) e familias. Pegacao? No way. O servico eh tao excelente que nunca vi nada igual. Os garcons e todos os empregados sao absurdamente gentis, simpaticos, educados, alegres, empolgados e sorridentes. A maioria com um ingles bem razoavel, mas meus hosts pediam para eu falar com eles em espanhol (ha. ate parece que eu falo espanhol...) e minha comunicacao era bem bacana.
Compras: Os artesanatos sao carissimos e bem parecidos com o estilo do que temos no Brasil. Os vendedores tem uma abordagem agressiva que aborrece. Nao comprei nada alem de CDs com musicas locais, revistas e chocolates - nas lojas de souvenir do resort mesmo. Conversei com um senhor brasileiro que foi aos shoppings e disse que dentro do resort as coisas eram mais baratas que fora. Os precos nao sao marcados - os comerciantes quando veem nossas pulseiras de resort jogam os precos lah em cima...
A grande diversao era passar o dia na praia relaxando nas espreguicadeiras e bebendo drinks coloridos. Piscina eu nao ligo muito mas amo jacuzzi. A do resort era sensacional. Fui a sauna poucas vezes.
Enfim, por que viajar com a host family?
1-Logico, conhecer um novo lugar.
2-Estreitar os lacos de amizade entre voces.
3-Fazer uma economia se divertindo, ja que eles bancam tudo.
4-Have fun! Have fun! Have fun!

Duvidas, reclamacoes, perguntas, criticas, elogios, escrevam para o cantinho do leitor: brunnahf@gmail.com
Aquele cheiro no pescoco para quem fica e me segue no twitter @babufs