terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Amizade entre a Au Pair e a Host Family

Tia Bruna, sua host family conversava com você sobre seus relacionamentos pessoais? Perguntava sobre os seus amigos(as) e suas relações amorosas? 

Acho que isso é muito variável de família pra família. Eles perguntavam de vez em quando, mas o pouco que respondi, fiquei arrependida. 

Acho que o relacionamento pessoal entre a família e a au pair deve ser muito bem pensado. Tente se preservar no início, até conhece-los melhor. Tem família que é legal e entende de boua que a au pair é uma mulher qualquer, que faz sexo, bebe com amigos, faz compras. Por outro lado, tem família que viaja e acha que a au pair tem que ser virgem e só deve sair de casa pra ir a aula e Igreja. Fora que americano é muito estranho... Voce nunca sabe se a mulher pode achar que vc, ao conversar, está dando mole pro marido dela, etc. Eu me arrependi de ter dado certa abertura em muitas ocasiões, comentando sobre dificuldades financeiras ou até mesmo vida amorosa e amizades. No momento em que fiz o intercambio, meus pais estavam com certos problemas financeiros e deixei escapar alguma coisa pra minha host. Resultado: a pessoa começou a achar que eu estava desesperada e que ela fazia um super favor em me abrigar na casa dela. Era tudo muito sutil, mas acontecia. Acho que por mais que voce seja pobre no Brasil, sempre afirme que sua família tem boas condições. Se a sua família for de fato rica, aumente! Diga que é mais rica ainda. É uma forma de voce se valorizar e os hosts saberem que voce nao está "na mão" deles. Acho que quanto menos abertura voce der, menos problemas terá. Ressalto que essa é a minha opinião. Pode ser que voce caia numa casa onde os caras sejam suuuper legais e não exista problemas em conversar sobre qualquer assunto. Cabe a voce analisá-los e tirar suas próprias conclusões.

Querendo falar comigo, escreva para brunnahf@gmail.com
Siga a tia no twitter @babufs